FGTS de 2011 vai financiar mais de 200 mil novas moradias

Texto: Redação AECweb

Recursos serão destinados à habitação para tentativa de redução do déficit de moradias no Brasil

16 de novembro de 2010 - Os recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) previstos para 2011 vão possibilitar a construção de mais de 200 mil residências. Serão destinados R$ 30,6 bilhões para o financiamento de imóveis, a maior parte do programa Minha Casa, Minha Vida.

Segundo o secretário executivo do Conselho Curador do FGTS, Paulo Furtado, a maioria dos recursos se destina a área habitacional para tentar reduzir o déficit de moradias no país. Ele informou que também haverá recursos para financiamento de imóveis novos e usados que não se enquadram nos critérios do Minha Casa, Minha Vida.

O orçamento para 2011, de R$ 46,9 bilhões, foi votado na terça-feira (9), na última reunião do Conselho Curador do FGTS. Além dos recursos para moradia, serão destinados R$ 4,8 bilhões para saneamento básico e 11,5 bilhões para obras de infraestrutura em energia, rodovias, ferrovias, hidrovias e portos.

No caso do saneamento básico, Furtado explicou que, na maior parte dos casos, os recursos são destinados para implantação de redes de água e esgoto. "As companhias estaduais de saneamento são as maiores demandantes desses recursos, até porque respondem por mais de 70% dos serviços prestados no Brasil". Este ano, o FGTS contou com um orçamento de R$ 40,7 bilhões.

Fonte: DCI - SP