Franquia do setor imobiliário busca investidores no Brasil

Texto: Redação AECweb

A Neozelandesa Harcouts quer entrar no Brasil por meio de franquias Máster instaladas em regiões já determinadas

6 de agosto de 2009 - Tradicional franquia do ramo imobiliário, a neozelandesa Harcourts está em busca de um máster franqueado no Brasil. O consultor Paulo César Mauro, da Global Franchise Consulting - que trouxe a marca ao país - afirma que o mercado é promissor.

“Nos Estados Unidos, 60% do setor de imobiliárias é representado por franquias. No Brasil, o índice é menos de 1%. O mercado deve mudar rapidamente nos próximos anos e quem souber visualizar esta oportunidade sairá na frente”.

A Harcourts é uma das mais tradicionais imobiliárias do mundo. Foi fundada em 1888 na Nova Zelândia e, atualmente, conta com 600 franquias e 4 mil corretores em países como Austrália, China, Ilhas Fiji, Indonésia, África do Sul, Boswana e Zâmbia, além de atuar em seu país de origem.

“A rede possui, ainda, escritório próprios, por meio do órgão The Leading Real Estate Companies of the World e participa da rede Luxury Portfolio Fine Property Collection - por meio da qual aciona aos líderes do mercado de residências de valores acima de U$ 1 milhão em todo o mundo”, completa Mauro.

Na visão do consultor, o grande diferencial da Harcourts não é só sua capilaridade, mas sim, um poderoso sistema de gerenciamento de vendas e de publicidade inédito no Brasil. “É um recurso que facilita a venda de imóveis de forma significativa”, ressalta o consultor.

A Harcourts quer entrar no Brasil por meio de franquias Máster instaladas em regiões já determinadas - que terão o direito de explorar o mercado abrindo outras unidades franqueadas. A marca dá preferência a empresas que já atuem no setor.

O valor de investimento nas franquias Máster variam de acordo com o tamanho do território, com valores a partir de US$ 200 mil. Os royalties são de 1% sobre o faturamento dos franqueados.

Fonte: InvestNews