Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Gafisa planeja somar R$ 1 bi em lançamentos até o fim deste ano

Texto: Redação AECweb

Empresa deve acelerar o número de lançamentos e dobrar os R$ 514,3 milhões do trimestre anterior

09 de novembro de 2009 - De olho no reaquecimento do mercado, a construtora e incorporadora Gafisa anunciou um investimento de mais de R$ 1 bilhão em lançamentos para o quarto trimestre.

A empresa deve acelerar o número de lançamentos e dobrar os R$ 514,3 milhões do trimestre anterior que, devido a uma "postura mais conservadora da empresa", foram 43% menores que os do mesmo período de 2008.

O terceiro trimestre rendeu para a companhia um crescimento de 340,3% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Com um lucro líquido de R$ 63,7 milhões - contra R$ 14,4 milhões no mesmo período de 2008 -, a empresa registrou aumento de 48% no volume de vendas contratadas. Um montante de R$ 800,2 milhões.

A empresa espera que a movimentação da demanda seja abastecida, neste ambiente, pelo alto déficit habitacional do País, com público potencial de 7 milhões de famílias. O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) foi de R$ 179,1 milhões no 3º trimestre deste ano, ante R$ 69,7 milhões no mesmo período de 2008.

A receita líquida mais que dobrou do terceiro trimestre de 2008 para os três meses encerrados em setembro deste ano, passando de R$ 378,9 milhões para R$ 877,1 milhões.

A construtora Tenda S.A., empresa do grupo Gafisa, reverteu o prejuízo de R$ 92,2 milhões do terceiro trimestre de 2008, para um lucro líquido de R$ 21,3 milhões nos meses de julho a setembro deste ano.

A empresa também dobrou os resultados no período ante o mesmo de 2008, ao registrar R$ 354,8 milhões em vendas contratadas. No comparativo anual, o número de empreendimentos lançados foi menor - 11 ante 16 no terceiro trimestre de 2008 -, mas o número de unidades vendidas subiu de 2 mil para 4,1 mil no terceiro trimestre deste ano.

Lucro
Resultado da consolidação dos ativos de Abyara, Agra e Klabin Segall, a Agre, com patrimônio líquido de R$ 1,8 bilhão, registrou lucro líquido de R$ 172,7 milhões no acumulado do ano, até setembro, com margem de 15,3%. No terceiro trimestre, as vendas contratadas (parte Agre) somaram R$ 541 milhões, 77% mais na comparação ao mesmo intervalo anterior. O segmento econômico representou 22,9% das vendas.

Fonte: DCI - SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: