Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Governo prepara estímulos à produção de máquinas

Texto: Redação AECweb

Objetivo é substituir equipamentos que atualmente são importados pela indústria

17 de maio de 2012 - O governo oferecerá estímulos à industria de bens de capital para produzir no Brasil máquinas e equipamentos que atualmente são importados. A lista dos produtos deve estar fechada em 60 dias e está sendo feita com base nos pedidos repetitivos dos chamados ex-tarifários, que concedem redução de Imposto de Importação a bens de capital sem produção nacional.

Os incentivos ainda serão definidos, mas já está certa a participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) como financiador dos projetos. O coordenador-geral das Indústrias de Bens de Capital do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ronaldo Melo, disse que a relação de produtos e os estímulos à produção local serão discutidos no Conselho de Competitividade de Bens de Capital, instalado no mês passado dentro das medidas da segunda fase do Plano Brasil Maior, a política industrial do governo.

Melo não descarta a possibilidade de redução de tributos para estimular a fabricação local. O projeto de desenvolvimento da produção nacional, como é chamado no governo, está sendo costurado em conjunto com entidades como a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Na semana passada, o governo voltou a liberar uma lista com mais 46 itens de ex-tarifários e uma nova relação com 229 tipos de máquinas seria apresentada ainda nesta semana para aprovação da Câmara de Comércio Exterior (Camex).

Fonte: O Estado de São Paulo

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: