Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

SP cria grupo de trabalho para manter funcionamento de malha rodoviária

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Objetivo é impedir que, durante a atual pandemia do coronavírus, o sistema de escoamento de produtos seja afetado, mantendo a circulação das mercadorias

Entre as medidas previstas, está o desenvolvimento de um Canal de Denúncias para caminhoneiros, no qual qualquer profissional poderá reclamar ou relatar uma situação (Créditos: divulgação/ Governo do Estado de São Paulo)

02/04/2020 | 14:10 - O Governo do Estado de São Paulo criou uma força-tarefa para garantir o funcionamento da malha rodoviária paulista e do transporte de cargas na região. O objetivo é impedir que, durante a atual pandemia do novo coronavírus, o sistema de escoamento de produtos seja afetado, mantendo a circulação das mercadorias e segurança dos profissionais deste setor.

Entre as medidas previstas para cumprir este objetivo está o desenvolvimento de um Canal de Denúncias para caminhoneiros, no qual qualquer profissional poderá reclamar ou relatar uma situação ocorrida nas estradas. O canal será divulgado nas Redes Sociais do Governo de SP e nos mais de 400 Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs) espalhados pelas rodovias paulistas. Seu funcionamento será por meio do 0800 do DER e por e-mail.

O grupo de trabalho responsável pela medida é formado pelas Secretarias de Logística e Transportes e da Agricultura e Abastecimento de São Paulo; profissionais das pastas de Governo, Segurança Pública, Transportes Metropolitanos, Desenvolvimento Econômico; e órgãos como a DERSA, Artesp, DER, Invest SP e a Polícia Militar.

Outra medida tomada pelo Governo de São Paulo foi a suspensão, por 90 dias, da pesagem dos caminhões nas rodovias estaduais sob concessão e nas administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Segundo a gestão paulista, “a decisão agiliza a circulação de produtos e protege os profissionais, motoristas e funcionários, das balanças”.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: