Implosão da Perimetral rompe tubulação de água e quebra janelas

Texto: Redação PE

O impacto da implosão de um trecho do Elevado da Perimetral, na zona portuária do Rio de Janeiro, neste domingo (24), rompeu uma tubulação da concessionária responsável pelo abastecimento de água na cidade, a Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos).

Além disso, o deslocamento de ar quebrou vidraças do imóvel da Vara de Infância e da Juventude, onde também funciona a Auditoria de Justiça Militar, na avenida Rodrigues Alves.De acordo com a Cedae, o reparo na tubulação só foi finalizado durante a madrugada desta segunda-feira (25), mas não teria ocorrido prejuízo significativo em relação ao abastecimento.

A Cedae informou não ser possível contabilizar o número de residências afetadas. Já a Cdurp (Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio) informou ter se responsabilizado pelo procedimento de reparo.

O órgão municipal informou ainda que o presidente da companhia, Alberto Silva, participará de uma reunião com técnicos, engenheiros e profissionais da Defesa Civil Municipal, nesta segunda, para avaliar os resultados da detonação.

Além das vidraças quebradas no prédio da Vara de Infância e Juventude, portas ficaram emperradas e um banheiro teve um dos vasos sanitários rachado. O TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio), responsável pelo imóvel, informou que ainda está avaliando mais detalhes sobre os prejuízos.

Fonte: Uol