Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

INCC-M recua em junho

Texto: Redação AECweb

Índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,41%

27 de junho de 2011 - O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou, em junho, taxa de variação de 1,43%, abaixo do resultado do mês anterior, de 2,03%. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,41%, segundo dados divulgados hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). No mês anterior, a taxa havia sido de 0,45%. No índice referente a Mão de Obra, registrou-se variação de 2,46%. No mês de maio, a taxa foi de 3,70%.

Ainda segundo a FGV, o índice correspondente a Materiais e Equipamentos registrou variação de 0,42%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,43%. Dos quatro subgrupos componentes, apenas materiais para instalação apresentou decréscimo em sua taxa de variação, de 0,98% para -0,07%.

A parcela relativa a Serviços passou de uma taxa de 0,53%, em maio, para 0,37%, em junho. Neste grupo, vale destacar a desaceleração do subgrupo serviços técnicos, cuja taxa passou de 1,01% para 0,28%.

O grupo Mão de Obra registrou variação de 2,46%, em junho. No mês passado, a taxa havia sido de 3,70%. A desaceleração foi conseqüência de impactos decrescentes de reajustes salariais ocorridos nas cidades de Brasília, onde a taxa passou de 6,02% para 3,25%, e São Paulo, cuja variação recuou de 5,34% para 4,54%. Em Porto Alegre, também em razão de reajustes salariais, a taxa passou de 0,14%, em maio, para 1,03%, em junho. Belo Horizonte e Rio de Janeiro apresentaram pequenas oscilações de mercado.

Vale ressaltar que seis capitais tiveram desaceleração: Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Em sentido oposto, Porto Alegre apresentou aceleração.

Fonte: Investimentos e Notícias

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: