Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Incorporadora Eztec foca em lançamentos de luxo em SP

Texto: Redação AECweb

Construtora concentrará 75% dos lançamentos na capital paulista e se concentrará no segmento de classe média

10 de março de 2010 - O discurso de várias empresas do setor imobiliário vai na mesma direção: foco na baixa renda e expansão geográfica. A Eztec, empresa de médio porte, vai na direção contrária: elegeu o Estado de São Paulo para os seus lançamentos - a capital concentrará 75% dos lançamentos - e vai se concentrar no segmento de classe média (de imóveis até R$ 500 mil). Não abandona, porém, as construções de alto padrão.

Com essa fórmula que foge aos padrões do setor, a companhia tem apresentado resultados acima da média de mercado.

No ano passado, obteve um lucro líquido de R$ 163 milhões, alta de 59,5% sobre o ano anterior. A margem líquida ficou em 32,2% para uma média de 14% das companhias de capital aberto no terceiro trimestre de 2009 (único comparativo disponível, já que a maioria ainda não divulgou balanço). A receita líquida foi de R$ 506 milhões, 51,5% acima de 2008.

Pela primeira vez, a companhia divulga projeção de resultados para 2010. Pretende alcançar um patamar mínimo de 40% para margem bruta e de 30% para a margem líquida. Meta ousada, considerando-se margem bruta de 40,4% este ano.

"Nosso diferencial está na estrutura enxuta para nossa capacidade de produção", afirma Emilio Fugazza, diretor financeiro e de relações com investidores da Eztec, ao explicar sobre a decisão de ficar concentrado no mercado paulista e no médio e alto padrão. "Não adianta aumentar a estrutura administrativa sem a contrapartida da lucratividade", acrescenta.

Durante a crise, a Eztec priorizou os lançamentos de salas comerciais de pequeno porte - mercado que hoje já está mais saturado. Não por acaso, este ano volta, prioritariamente, aos imóveis residenciais. Em 2009, os comerciais representaram 58% das vendas e este ano devem chegar a, no máximo, 15%.

Fonte: Valor Econômico

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: