Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Indústria setorial produz 56 milhões de blocos/mês

Texto: Redação AECweb

Fabricantes de blocos de concreto têm hoje capacidade para atender ao crescimento do mercado imobiliário

13 de abril de 2011 - Pesquisa concluída neste mês de março pela BlocoBrasil-Associação Brasileira dos Fabricantes de Blocos de Concreto mostra que as indústrias integrantes da associação - que reúne os fabricantes brasileiros de blocos e pisos de concreto detentoras do Selo de Qualidade da ABCP-Associação Brasileira de Cimento Portland - têm capacidade produtiva instalada de 56,357 milhões de blocos por mês. Esse potencial, avalia Marcelo Kaiuca, presidente da BlocoBrasil, mostra que, nas regiões com maior demanda – Sudeste e Sul – os fabricantes de blocos de concreto têm hoje capacidade para atender ao crescimento do mercado imobiliário, do programa Minha Casa, Minha Vida e das demais obras de infraestrutura, como nos set ores industriais, de logística, portuário, hoteleiro/turístico e aeroportuário, entre outros.

De acordo com o consultor técnico da BlocoBrasil, arquiteto Carlos Alberto Tauil, esses 56,357 milhões de blocos mês permitem a construção de 56 mil unidades habitacionais de 50 m2, mensalmente, ou 672 mil unidades por ano. “Esses dados indicam que há regiões em que a produção de blocos de concreto ainda precisa ser expandida, no Centro-Oeste e, especialmente, no Norte e Nordeste, onde a demanda está bastante aquecida, também em função do crescimento econômico desses estados, com incremento correspondente no mercado imobiliário e de edificações industriais, de logística, turismo e outros”, explica Tauil.

Ele destaca ainda que esse potencial é somente das 48 empresas associadas à BlocoBrasil, que são as maiores e mais bem-equipadas indústrias de blocos de concreto do país. “Essas empresas têm produção com o Selo de Qualidade da ABCP, o garantindo que os blocos fornecidos ao mercado seguem rigorosamente as normas da ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas, são submetidos a ensaios periódicos em laboratórios certificados pelo Inmetro e, portanto, oferecem qualidade assegurada”, afirma o consultor técnico da BlocoBrasil.

O Brasil conta hoje com cerca de 1.300 fabricantes de blocos de concreto em todo o país, mas a maioria deles não tem o Selo de Qualidade da ABCP. “Estamos fazendo um grande esforço para trazer esses fabricantes para a Associação, que exige a obtenção pela indústria do Selo de Qualidade como condição prévia para o ingresso,”, explica Tauil.

Fonte: Investimentos e Notícias


 

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: