Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Inflação da construção civil encerra 2019 em 4,03%

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Resultado é 0,38 ponto percentual menor do que a taxa de 2018. Em dezembro, custo nacional da construção ficou em R$ 1.158,81/m², considerando a desoneração da folha de pagamento


No acumulado do ano, os custos com materiais variaram 4,54%, enquanto a mão de obra atingiu 3,47% (Créditos: creator12/ Shutterstock)

13/01/2020 | 16:25 - O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), encerrou 2019 com aumento de 4,03%, resultado 0,38 ponto percentual menor do que a taxa de 2018 (4,41%). Em dezembro, o índice ficou 0,11 ponto percentual acima da taxa de novembro (0,11%).

Em dezembro, o custo nacional da construção ficou em R$ 1.158,81 por metro quadrado, considerando a desoneração da folha de pagamento. A parcela dos materiais caiu 0,13%, chegando ao valor de R$ 605,54, enquanto o custo da mão de obra por metro quadrado teve inflação de 0,59%, passando a custar R$ 553,17.

No acumulado do ano, os custos com materiais variaram 4,54%, e a mão de obra atingiu 3,47%.

Segundo o IBGE, o Sudeste apresentou a maior variação regional em dezembro (0,31%), influenciada pela alta na parcela de mão de obra apurada em Minas Gerais. As regiões Nordeste (0,20%), Centro-Oeste (0,19%), Norte (0,17%) e Sul (0,02%) também apresentaram variações positivas. No acumulado do ano, o Sul registrou a maior taxa (5,64%), seguido pelo Sudeste (4,39%).

Em relação aos custos da construção, os valores por metro quadrado, em dezembro, foram de R$ 1169,45 na região Norte; R$ 1067,68 no Nordeste; R$ 1208,86 no Sudeste; R$ 1222,66 na região Sul e R$ 1165,74 no Centro-Oeste.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: