Inflação do aluguel desacelera na 1ª prévia de março, mostra FGV

Texto: Redação AECweb

No ano, índice acumula alta de 2,29% e, nos últimos 12 meses, de 10,79%. Índice de preços do consumidor também desacelerou no período


11 de março de 2011 - A inflação do aluguel medida pelo o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), utilizado para reajustar a maioria dos contratos de locação de imóveis, subiu para 0,48% na primeira prévia de março, ante alta de 0,66% em igual período de fevereiro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira (11).

No ano, o índice acumula alta de 2,29% e, nos últimos 12 meses, de 10,79%.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) aumentou 0,56%, contra 0,76% antes.

O IPA agrícola reduziu a alta, de 1,42% para 0,86%, enquanto a elevação do IPA industrial desacelerou de 0,52% para 0,45%.

As principais contribuições para a desaceleração dos preços no atacado foram de minério de ferro, soja e milho em grão. Em alta, destacaram-se aves, café em grão e bovinos.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,35%, ante variação positiva de 0,45%.

Os custos do grupo alimentação caíram em 0,04% após baixa anterior de 0,10%. Habitação, educação, leitura e recreação e transportes desaceleraram a alta, para, respectivamente, 0,07% e 0,80%. Despesas diversas diminuiu a alta de 0,88% para 0,27%.

Dentro desses grupos, as principais contribuições para a redução do índice no varejo foram de cursos formais, tarifa de ônibus e urbano e jogo lotérico.

Custo da construção

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,23%, comparado à elevação anterior de 0,52%.

Fonte: G1