Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Lançamento de imóveis residenciais cresceu 10,7% no acumulado de 2019

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Segundo Abrainc-Fipe, em 12 meses até novembro de 2019, 109.323 unidades foram lançadas, o que representa um crescimento de 12,3% em relação aos 12 meses anteriores


Com relação à venda de imóveis novos, 103.408 unidades foram comercializadas no acumulado de 2019 até o mês de novembro, alta de 0,8% face ao mesmo período anterior (Créditos: Vinicius Tupinamba/ Shutterstock)

04/02/2020 | 09:18 - De acordo com o indicador Abrainc-Fipe, medido pela Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), 11.340 imóveis novos foram lançados no Brasil em novembro de 2019, valor 49,6% superior ao apurado no mesmo mês do ano passado. No acumulado de janeiro a novembro do ano passado, os lançamentos totalizaram 92.558 unidades, alta de 10,7% na comparação com o mesmo período de 2018.

Nos últimos 12 meses, 109.323 unidades foram lançadas, o que representa um crescimento de 12,3% em relação aos 12 meses anteriores.

Com relação à venda de imóveis novos, o levantamento apurou que, em novembro, 11.357 imóveis foram comercializados, alcançando 103.408 unidades no acumulado de 2019 até novembro (aumento de 0,8% na comparação com o mesmo período precedente). Em 12 meses, o valor totalizou 113.950 imóveis comercializados, 1,7% menor frente ao mesmo período de 2018.

Segundo a pesquisa, em 12 meses, os imóveis enquadrados no Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) corresponderam a 78,8% das unidades lançadas e a 69,8% das unidades comercializadas. No mesmo período, o número de lançamentos residenciais no MCMV foi 20,2% maior em relação ao período precedente, enquanto as vendas desse segmento caíram 2,4%.

Já os empreendimentos de Médio e Alto Padrão (MAP) responderam por 21,2% das unidades lançadas e 30,2% das unidades comercializadas nos últimos 12 meses. Em comparação ao mesmo período anterior, houve recuo de 1,6% nos lançamentos do segmento e alta de 1,6% nas vendas.

Ainda de acordo com o levantamento, o número de imóveis distratados totalizou 1.490 em novembro, resultado 26,5% menor face ao mesmo mês do ano passado. Já no acumulado de 2019, 17.105 unidades foram distratadas (redução de 33,5% quando comparada a igual período de 2018).

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: