Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Leilão de parques paulistas tem oferta de mais de R$ 60 milhões

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Consórcio vencedor administrará os parques Villa-Lobos, Candido Portinari e Água Branca

foto aérea do parque villa-lobos, em são paulo
Os três parques, juntos, recebem cerca de 14 milhões de visitantes por ano (Foto: Caio Pederneiras/Shutterstock)

01/04/2022 | 14:41 – A concessão dos parques Villa-Lobos, Candido Portinari e Água Branca (Fernando Costa) já tem um possível vencedor. A proposta, que ofereceu R$ 62 milhões para administrar, revitalizar e ampliar os espaços, segue para análise e habilitação técnica, e, se aprovada, será a responsável pelo Consórcio Novos Parques Urbanos.

Representando um lucro de mais de 3 mil por cento sobre o lance mínimo estipulado — de R$ 1.597.099,49 —, a concessionária será responsável pela manutenção e modernização das estruturas existentes, que, juntas, recebem cerca de 14 milhões de visitantes por ano.

Dentre as determinações preestabelecidas para a administração dos parques, está a ampliação da oferta de serviços — como alimentação, lazer e estacionamento — e a administração dos custos operacionais — que incluem a limpeza e a vigilância patrimonial. As ações deverão, também, seguir os planos-diretores dos espaços, impreterivelmente, em ordem de preservar as características históricas dos locais.

Quanto às restrições, também presentes no contrato, foi estipulado que a concessionária seja explicitamente proibida de cobrar ingressos para a entrada nos parques. A concessionária poderá, por outro lado, explorar o local comercialmente da forma que preferir, através da locação de imóveis, eventos e arrecadações com quiosques nos parques.

Já no quesito “controle financeiro”, foi estabelecido que, nos primeiros seis anos, sejam investidos R$ 46,9 milhões — do total obrigatório de R$ 61,6 milhões. O restante do orçamento pode ser utilizado como a concessionária preferir, ao longo dos 30 anos totais.

“A concessão tem se mostrado um modelo de sucesso para melhorar a experiência do visitante nos parques de São Paulo, por meio da promoção de novas atrações e serviços”, explica o secretário Marcos Penido.

Para conferir todo o processo, incluindo as consultas e audiências públicas, clique aqui.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: