Linhas de crédito recebem estímulo para crescimento em Sorocaba

Texto: Redação AECweb

Representantes da Caixa e Sinduscom assinam o convênio

05 de novembro de 2010 - Empresas do ramo da construção civil de Sorocaba contam a partir de agora com um crédito especial fornecido pela Caixa Econômica Federal em parceria com o Sindicato da Construção Civil (Sinduscom). O convênio entre as partes, assinado na tarde de ontem no Sindicato, propõe disponibilizar linhas de crédito com taxas de juros a partir de 1,51% ao mês às empresas associadas.

A linha de crédito, denominada Crédito Aporte Caixa, possibilita que a pessoa física, cliente da Caixa, utilize a verba onde desejar. O saldo mínimo para o financiamento é de R$ 20 mil, o que pode comprometer até 30% da renda familiar do financiador. Independente do valor, o prazo estipulado para quitação da dívida é de 120 meses, onde os juros variam de 1,51% ao mês para os clientes conveniados ao Sindicato e 1,69% aos que ainda não são conveniados.

Para que saía a liberação de crédito, o cliente deve apresentar um imóvel comercial ou um segundo residencial como garantia, mesmo alugado ou ocupado. No caso de imóveis de até R$ 100 mil, o cliente deve apresentar ainda os documentos pessoais, comprovante de renda e último carnê do IPTU do imóvel que será dado como garantia.

Para a ocasião da assinatura entre Caixa e Sindicato, estiveram presentes o gerente nacional de clientes e negócios, José Luiz Pavanelli; o superintendente regional, Sandro Vimer Valentini; o gerente regional da construção civil, Gustavo de Moraes Fernandes; o gerente regional de pessoa física, Edson Previatto; o diretor regional do Sinduscom, Ronaldo de Oliveira Leme; o gerente regional do Sindicato, José Sarraccini Junior; e empresários da área da construção civil.

Balanço de Créditos na Cidade

De acordo com o superintendente regional da Caixa, Sandro Vimer Valentini, Sorocaba e região estão superando os anos anteriores em empréstimos para financiamento da casa própria. O saldo de empréstimos já ultrapassou 15% em relação ao ano passado.

Até outubro deste ano um total de 10.160 contratos haviam sido fechados para empréstimos aos clientes, o que totalizou R$ 871,9 milhões de créditos. "Deste total, R$ 479,9 milhões foram destinados ao Programa Minha Casa Minha Vida", revelou Valentini.

A expectativa dos representantes do banco é de que até o final deste ano a aplicação de recursos em crédito imobiliário ultrapasse R$ 1 bilhão na região de Sorocaba. "A Caixa está com 9.216 propostas em análises. A expectativa é de passar os 10 mil contratos", disse.

O saldo de créditos disponíveis favoreceu 15 municípios da região e 37 construtoras; beneficiou também 27.561 clientes, e criou 24.116 empregos diretos e 51.678 indiretos. Em todo o Estado, a Caixa havia somado, em 2003, R$ 5 bilhões em financiamentos, já em 2010 a soma alcançou o valor de R$ 57,6 bilhões. "São Paulo é um canteiro de obras. A gente vê um desenvolvimento muito grande no Estado", disse José Luiz Pavanelli, gerente nacional de clientes e negócios.

Conforme Pavanelli explicou, de todas as transações concretizadas desde 2009, no Programa Minha Casa Minha Vida, 33.992 obras já foram entregues. "São 139 mil unidades na Capital e mais de R$ 9 bilhões em investimentos nessa área. Isso mostra o papel da Caixa: levar desenvolvimento e cidadania."

Fonte: Diário de Sorocaba - SP