Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Manuais de empreendimentos devem ser revistos segundo nova norma técnica

Texto: Redação AECweb

Com base na nova norma, deverão ser elaborados os próximos Manuais do Proprietário e das Áreas Comuns, entregues aos usuários e síndicos dos novos edifícios.

06 de setembro de 2011 - Entrou em vigor, em 28 de agosto, a norma técnica "Diretrizes para elaboração de manuais de uso, operação e manutenção das edificações – Requisitos para elaboração e apresentação dos conteúdos (ABNT NBR 14037:2011)". Com base na nova norma, deverão ser elaborados os próximos Manuais do Proprietário e das Áreas Comuns, entregues aos usuários e síndicos dos novos edifícios.

A norma estabelece os requisitos mínimos para elaboração e apresentação dos conteúdos a serem incluídos no Manual de Uso, Operação e Manutenção das Edificações elaborado e entregue pelo construtor e/ou incorporador, conforme legislação vigente.

Publicada em 28 de julho pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a norma foi aprovada dentro do Comitê da Construção Civil (ABNT/CB-02) e teve como coordenador da sua Comissão de Estudos (CE) o membro do Comitê de Meio Ambiente (Comasp) do SindusCon-SP, Ricardo Pina. A secretaria da CE foi feita por Jerônimo Cabral, do Ibape Nacional.

A revisão dos Manuais do Proprietário e das Áreas Comuns, publicados em 2003 pelo SindusCon-SP e pelo Secovi-SP, começou dentro do GT Pós Obra do CTQ (Comitê de Tecnologia e Qualidade) do SindusCon-SP.

A CE da ABNT também concluiu a minuta da revisão da norma NBR ABNT 5674 – Manutenção de Edificações, que será encaminhada em breve para Consulta Pública.

Fonte: SindusCon- SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: