Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Mercado de imóveis comemora redução de juros

Texto: Redação AECweb

Atualmente a taxa de juros para o financiamento de um imóvel varia de 7% a 12% ao ano

24 de julho de 2009 - O mercado imobiliário é um dos setores que menos ficou prejudicado com a crise mundial, iniciada em setembro do ano passado.

Isto porque a diminuição dos juros para financiamentos de imóveis é uma das mais significativas entre as outras tantas reduções que vêm ocorrendo nas operações de crédito no País há alguns meses.

Em alguns casos, essa redução chegou a 25% do ano passado para cá. Hoje, a taxa de juros para o financiamento de um imóvel varia de 7% a 12% ao ano, o que é considerado muito baixo pelos especialistas da área.

De olho nessas quedas significativas, muitas empresas estão podendo trabalhar com valores bastante acessíveis. É o caso da Companhia Província de Crédito Imobiliário, que anunciou neste mês alguns produtos com quedas de juros que chegam até a 21%.

Nos imóveis com valores até R$ 120 mil, as taxas de juros passaram de 12,30% para 9,6%. Naqueles que valem de R$ 120 mil a R$ 500 mil, as diminuições foram de 12,30% para 10,4%.

Como explica a diretora de projetos da empresa, Anahí Schmitz, tudo isso está sendo possibilitado por essa redução de juros "generalizada" nas operações de crédito.

O conselheiro da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliária e Poupança (Abecip), Camilo Fortuna Pires, acredita que uma soma de fatores levaram ao bom desenvolvimento do mercado imobiliário nos últimos anos, entre eles a redução da retirada de poupanças, a concorrência entre os bancos, que passaram a acreditar mais no crédito imobiliário.

Para se ter uma ideia, o número de aquisições de imóveis no País aumentou 13% de janeiro a maio deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Outro indicador é o do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo do País, que apontou que foram feitas 300 mil aplicações no ano passado, 53% a mais do que em 2007. "A tendência é que estes números positivos continuem, principalmente nos imóveis mais populares", analisa.

O consultor do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Paraná (Sinduscon - PR), Marcos Kahtalian, diz que a concorrência entre os bancos soma-se os incentivos do governo, que têm ajudado no desenvolvimento do mercado imobiliário.

"Tudo isso tem pressionado a queda dos juros. Tanto que o crescimento do financiamento no Paraná foi de cerca de 75% no primeiro semestre deste ano, comparando com o mesmo período do ano passado", comenta.

Fonte: Paraná – PR

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: