Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Inscrições abertas para diferentes mestrados no IPT

Texto: Agatha Menes do Nascimento

Sala de aula com estudantes sentados, anotando e fazendo perguntas para professorAs inscrições para os mestrados do IPT vão até 10 de janeiro de 2024 (Foto: Drazen)

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) está com inscrições abertas para três cursos de mestrados com início previsto para o começo de 2024: Computação Aplicada, Processos Industriais e Habitação: Planejamento e Tecnologia.

Para participar é necessário se inscrever no site do IPT até 10 de janeiro de 2024, mediante o pagamento de uma taxa de R$ 50,00.

O processo seletivo abrange uma prova a ser aplicada em 13 de janeiro de 2024, às 9h, na sede do IPT, na Cidade Universitária, em São Paulo (SP).

Os cursos terão início em 29 de janeiro de 2024, com aulas ministradas no período noturno, das 19h às 22h30. Com duração de 30 meses, a carga horária varia de 480 a 540 horas.

Conheça um pouco mais sobre cada curso:

Mestrado em Computação Aplicada

Tem como objetivo apresentar as perspectivas da Ciência da Computação e da era da transformação digital, motivando os alunos a enfrentarem os desafios da nova área.

Com 23 disciplinas e 540 horas, é ideal para profissionais da área de Tecnologia da Informação, como Ciência da Computação e Sistemas de Informação.

Mestrado em Processos Industriais

Recomendado para profissionais que atuam nas áreas ligadas aos processos relativos às indústrias química, farmacêutica e ambiental; de materiais, energia e alimentos, entre outras. São seis disciplinas quadrimestrais em 30 meses, totalizando 480 horas.

Mestrado em Habitação: Planejamento e Tecnologia

O curso tem como objetivo promover o conhecimento técnico na área de Habitação, levando em consideração aspectos de planejamento e tecnologia sobre construção, desempenho, manutenção etc.

Com 540 horas e 30 disciplinas, atende a profissionais de diferentes áreas, como:

  • Planejamento, projeto e produção habitacional, assim como áreas correlatas;
  • Produção ou planejamento habitacional nas esferas municipal, estadual e federal;
  • Empresas produtoras de materiais, componentes e sistemas construtivos;
  • Empresas construtoras e incorporadoras;
  • Agências, instituições financeiras e promotoras de habitação;
  • Patologia das construções e manutenção de edificações;
  • Ensino superior ligado às áreas de engenharia, arquitetura, urbanismo e correlatas.
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: