Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Metrô SP - É lançado o edital para as obras da Linha 18

Texto: Redação PE

O edital de concorrência para a construção da nova linha do Metrô que vai ligar a capital ao Grande ABC foi lançado pelo governador Geraldo Alckmin, nesta quarta-feira (29/01), com a presença do deputado estadual Orlando Morando. A PPP (Parceria Público-Privada) da Linha 18-Bronze será para as obras do monotrilho, operação e manutenção da linha pelo período de 25 anos.

O investimento será de R$ 4,2 bilhões, sendo R$ 3,8 bilhões custeados 50% pelo Governo do Estado e 50% pela iniciativa privada. Os outros R$ 406 milhões são referentes às desapropriações que serão executadas pelo Estado. Deste valor, R$ 400 milhões vêm do Governo Federal a fundo perdido, por meio do PAC 2 (Plano de Aceleração do Crescimento 2).

A Linha 18 terá 15,7 km de extensão e deve atender 314 mil passageiros por dia com 26 trens, atendendo os municípios de São Paulo, São Caetano do Sul, Santo André e São Bernardo do Campo. Terá 13 estações: Tamanduateí, Goiás, Espaço Cerâmica, Estrada das Lágrimas, Praça Regina Matiello, Instituto Mauá, Afonsina, Fundação Santo André, Winston Churchill, Senador Vergueiro, Baeta Neves, Paço Municipal (São Bernardo) e Djalma Dutra.

Na estação Djalma Dutra, fará integração com um novo corredor de ônibus que será construído pela Prefeitura de São Bernardo. Haverá ainda integração com a Linha 2-Verde do Metrô e com a Linha 10-Turquesa da CPTM na estação Tamanduateí e com o Corredor São Mateus-Jabaquara-Morumbi da EMTU.

Os trens do sistema monotrilho funcionam com energia elétrica e se movimentam com pneus, o que torna a operação silenciosa e ambientalmente sustentável. Suas composições correm sobre vigas de concreto ou metal, com a mesma velocidade de Metrô. Além da obra de monotrilho ter custos menores, sua construção é mais rápida do que a do metrô convencional.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: