Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Mills encerra 2011 com receita líquida recorde e crescimento de 23,2%

Texto: Redação AECweb

Mills investiu R$ 525,9 milhões em 2011, sendo R$ 430,4 milhões em crescimento orgânico

14 de fevereiro de 2012 - A Mills fecha o ano de 2011 com um resultado expressivo: crescimento de 23,2% da receita líquida em relação ao ano anterior, totalizando R$ 677,6 milhões. O EBITIDA recorde foi de R$ 238,1 milhões, com crescimento de 22,4% frente ao ano de 2010.

“Em 2011, a Mills manteve sua trajetória de forte crescimento anual e taxas superiores a 20%, demonstrando a pujança dos nossos setores de atuação. A sólida base de investimentos já construída nos estimula, em 2012, a ampliar a rentabilidade dos nossos negócios”, afirma Ramon Vazquez, presidente e CEO da Mills. A Mills investiu R$ 525,9 milhões em 2011, sendo R$ 430,4 milhões em crescimento orgânico e R$ 95,5 milhões em aquisições.

A divisão Rental (locação e venda de equipamentos motorizados de acesso) foi a que mais cresceu em 2011, com receita líquida de R$ 175,4 milhões, 84,5% superior ao ano de 2010. O desempenho é resultado da abertura e consolidação das 12 unidades abertas, desde 2010. Jahu (construção residencial e comercial) teve crescimento de receita líquida da ordem de 48,1% em relação ao ano anterior, incluindo ampliação de 61,9% da receita com locação, fruto dos investimentos realizados e da expansão geográfica da unidade. Serviços Industriais cresceu 9,9% de receita líquida e Construção teve redução de 14,7%, devido ao adiamento do início de grandes obras de infraestrutura. Com a retomada dessas obras, a receita líquida da divisão já alcançou, no final do quarto trimestre, a maior receita trimestral nos últimos 12 meses, atingindo R$ 36,1 milhões.

Fonte: Investimentos e Notícias

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: