Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Minha Casa, Minha Vida também tem trabalho degradante no Paraná

Texto: Redação AECweb

A denúncia partiu do sindicato de trabalhadores na construção civil

12 de abril de 2011 - O Ministério Público do Trabalho flagrou cem operários vivendo em situação degradante nas obras do Minha Casa, Minha Vida no Paraná.

O grupo trabalhava na construção de 727 casas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e estava em alojamentos em condições degradantes.

A responsável pela obra é a construtora Veloso, que firmou termo de ajuste de conduta na última sexta-feira. A denúncia partiu do sindicato de trabalhadores na construção civil.

Os operários eram do Maranhão e a maioria optou por voltar ao Estado natal após a descoberta do caso pelos procuradores.

Reportagem da Folha de hoje revelou casos de trabalho degradante nos canteiros de obras do Minha Casa, Minha Vida em São Paulo.

São operários que migraram do Norte e Nordeste do país atraídos pelo aumento na oferta de tralho nos canteiros de obras do PAC.

Fonte: Folha de São Paulo

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: