Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Nível de atividade na indústria da construção mantém queda em maio

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Sondagem Indústria da Construção apurou que o índice do nível de atividade no setor cresceu 7,7 pontos frente a abril, mas continua abaixo da linha divisória de 50 pontos

O índice de evolução do número de empregados registrou uma leve melhora quando comparado a abril, alcançando 37,5 pontos, alta de 2,8 pontos (Créditos: Bannafarsai_Stock/ Shutterstock)

25/06/2020 | 10:00 - Conforme a Sondagem Indústria da Construção, apurada mensalmente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em maio, o índice de evolução do nível de atividade da indústria da construção teve alta de 7,7 pontos frente a abril, chegando a 37,1 pontos.

Apesar do aumento, o valor se mantém abaixo da linha divisória de 50 pontos, o que indica queda no nível de atividade. Este resultado é reflexo dos efeitos adversos da pandemia de Covid-19.

O índice de evolução do número de empregados registrou uma leve melhora quando comparado a abril, alcançando 37,5 pontos, alta de 2,8 pontos.

Ainda conforme o estudo, em maio, o índice de Confiança do Empresário da Construção (ICEI-Construção) cresceu 5 pontos frente a maio, chegando a 42,6 pontos. Contudo, permanece 7,4 pontos abaixo da linha divisória, o que revela falta de confiança dos empresários.

Os componentes do ICEI-Construção apontam para uma perspectiva menos negativa para os próximos seis meses, uma vez que o Índice de Expectativas aumentou 6,3 pontos entre maio e junho, e para uma relativa diminuição da avaliação negativa das condições correntes, com um aumento de 2,4 pontos no Índice de Condições Atuais.

O índice de intenção de investimento segue em nível baixo, mas registrou alta de 5,6 pontos em relação a abril, passando de 25,4 para 31 pontos. A alta interrompe sequência de três quedas seguidas, na qual o índice recuou 19 pontos.

A Utilização da Capacidade Operacional (UCO) aumentou 3 pontos percentuais em relação a abril e chegou a 53% em maio. Esse número é 9 pontos percentuais inferior à média histórica.

A Sondagem Indústria da Construção foi realizada com 433 empresas, sendo 154 pequenas, 193 médias e 86 de grande porte.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: