Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Novo foco dos investidores Brasileiros são imóveis com mais de uma finalidade

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Os estilos “mixed use” tem chamado a atenção nos últimos meses

03 de junho de 2014 - Nos últimos meses a Grande São Paulo apresentou um relevante crescimento de produtos comerciais estilo “mixed use”. Em pesquisa recente da Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado, feita com 450 investidores da Grande São Paulo, notou-se que os produtos com mais de uma função mais procurados pelo investidor são aqueles que possuem uma bandeira hoteleira. “Isso nos identifica um novo perfil de investidores que buscam oportunidades seguras para aplicar seu dinheiro” explica Ligia Mello, sócia da Hibou e Coordenadora da Pesquisa.

Os investidores levam em consideração alguns atributos na hora de uma aquisição de empreendimentos na Grande São Paulo. “Ao questionarmos esses atributos vimos que o acesso ganha força quando associado a localização, ou seja, está nítido que só a localidade hoje não corresponde mais aos anseios do investidor” comenta Ligia. “Nos chamou atenção também o aparecimento da marca da construtora como atributo relevante no momento da escolha ” complementa. 45% dos entrevistados priorizam localização/ acesso, 24% consideram os custos, 11% a valorização do imóvel, 6% infra estrutura da região, 5% a marca da construtora e 9% responderam “outros”.

Fator decisivo

O projeto com 36% das respostas foi o principal decisório no momento de uma assinatura de aquisição para investimento, neste momento, na Grande São Paulo. “No entanto, observamos que a bandeira hoteleira ganha bastante relevância entre os interessados” diz Ligia. 24% dos entrevistados levam em consideração a valorização da região, 19% consideram o fato de o imóvel ter hotel, 8% a localização, 7% a construtora e 6% o custo.

Perfil destes Investidores

Para entender as vontades e aquisições de um investidor é necessário primeiro conhecer o perfil dele a fundo. Nesta pesquisa, a grande maioria dos investidores é casado ( 69%), sendo 23% solteiros e 8% entre viúvos ou divorciados. Já 69% destes viajam ao exterior frequentemente (mínimo 2x ao ano) e possuem idade média de 43,3 anos. Destes, 22% comprou algum imóvel nos últimos 06 meses para investir.

“A área de atuação profissional dos entrevistados nos demonstrou uma variação de carteira onde mesmo com um volume alto de empresários/sócios , as demais possuem uma variedade maior que habitualmente o mercado estava acostumado.” Diz Ligia.

A Mídia e os Investidores

A internet ( 84%) é a grande detentora da atenção deste público. Além dos sites de buscas e portais, as redes sociais (56%) são locais de busca de conteúdo e opiniões sobre marcas e produtos, seguidos de TV a cabo (51%).

Dentro das mídias OOH, temos as TVs corporativas (bares e restaurantes) com 62%, seguido das TVs em aeroportos com 50% (porém possuem uma frequência menor pela oportunidade), e TV em elevadores com 42%.

Fonte: Diário do aço
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: