Novo guia de elaboração de manuais de manutenção é lançado

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Objetivo da publicação é orientar as entidades do setor e mantê-las atualizadas sobre as normas técnicas que regem a construção civil

27 de maio de 2014 - A CBIC lançou, durante o 86º Enic (Encontro Nacional da Indústria da Construção), em Goiânia, um guia com dicas e observações para facilitar para as construtoras a elaboração de manuais de uso, operação e manutenção de edifícios. O material foi apresentado pela engenheira e coordenadora técnica do Comasp (Comitê de Meio Ambiente) do SindusCon-SP, Lilian Sarrouf, na Comat (Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade).

Um dos objetivos do material é orientar as entidades do setor e, principalmente, mantê-las atualizadas sobre as normas técnicas que regem a construção civil, após a entrada em vigor da Norma de Desempenho (NBR 15.575).

Lilian Sarrouf lembrou, durante a palestra, que a Norma de Desempenho obriga o fornecimento do manual ao fim de cada construção e, para fazê-lo, é preciso tomar alguns cuidados, como “na maneira de apresentação, na forma de entrega, observação às características de cada região, cada tipo de empreendimento, com habilidade na linguagem, de forma que as regras sejam claras e didáticas”.

Mais do que uma descrição, o Guia Nacional para Elaboração do Manual de Uso, Operação e Manutenção de Edifícios pretende ser informativo e servir de fundamento não só para construtoras e incorporadoras, mas também para usuários comuns, em situações de reforma. Lílian reforçou a função das entidades, agora, em replicar o material em cada Estado e torná-lo acessível ao público. O contexto atual, segundo ela, exige cada vez mais das empresas. Se por um lado as construtoras estão inovando e construindo edifícios mais complexos, por outro os clientes estão cada vez mais informados e por dentro das regras do setor.

A publicação mostra os cuidados que se deve ter na elaboração da descrição, das garantias, dos cuidados de uso e manutenção em exatos 52 tipos de sistemas construtivos.

Fonte: Sinduscon - SP