Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Número de novos imóveis de 1 quarto cresce 525% no Rio

Texto: Redação AECweb

Alta do custo de vida e necessidade de abrigar moradores temporários explicam tendência

03 de maio de 2011 - A falta de espaço e a perspectiva de atrair cada vez mais moradores temporários estão encolhendo os apartamentos no Rio.

As novas construções com apenas um quarto registraram expansão de 525% em 2010, de 28 para 179.

Ao mesmo tempo, diminui cada vez mais o tamanho médio desses imóveis. Em 2009, as unidades de um quarto lançadas tinham em média 50,13 m2. No ano passado, o tamanho caiu para 42,79 m².

A tendência, de acordo com o Secovi Rio (Sindicato da Habitação), é que esse processo se intensifique. É crescente o número de investimentos na cidade por conta dos eventos esportivos nos próximos anos (Copa-14 e Olimpíada-16). Com eles, mais pessoas vêm para o Rio a trabalho.

"O mercado está muito aquecido, e isso chega também a essas unidades de um quarto, até porque falta espaço para construir imóveis maiores", afirma a vice-presidente financeira da Secovi, Maria Teresa Mendonça Dias.

Outro fatores são o tamanho menor das famílias e o aumento do custo de vida.

"Tudo está mais caro, especialmente no Rio. As pessoas procuram imóveis de acordo com as suas necessidades de espaço e financeiras também", afirma o vice-presidente da Ademi, Paulo Fabbriani.

Fonte: Folha de São Paulo

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: