Obras de transmissão estão atrasadas

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Obstáculos prejudicaram o andamento

22 de abril de 2013 - Mais de 43% das obras de transmissão de energia elétrica em construção no Brasil estão com o cronograma atrasado, segundo relatório de fiscalização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Uma delas é o linhão que trará energia das hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia, para a região Sudeste. Prevista para ser inaugurada no próximo dia 30, após vários atrasos, o linhão foi novamente adiado.

Se tudo correr bem, deve ficar pronta até 15 de maio. Mas isso não significa, porém, que nessa data ela já estará operando. "Para funcionar é preciso mais máquinas nas usinas no Norte e as conversoras de energia de Porto Velho (RO) e Araraquara (SP) têm de estar prontas", explica Armando Araújo, diretor Consórcio IE Madeira, que é responsável pela obra.

Obstáculos

Alguns obstáculos prejudicaram o andamento das obras, como escassez de mão de obra especializada, chuvas e problemas de desapropriação.

"Por ser uma linha muito extensa e passando pelas mais diferentes áreas, às vezes surgem algumas complicações, mas de Goiás para baixo já está tudo pronto. Nas outras áreas faltam alguns acertos", afirma o engenheiro Anderson Moura Menezes, responsável pelo a execução do empreendimento.

Fonte: Diário do Nordeste