Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Ofertas de ações se tornam alternativas aos recursos do SFH

Texto: Redação AECweb

Manutenção do nível da TR torna as captações no mercado mais atraentes

09 de setembro de 2009 - Seis das dez empresas que anunciaram planos de realizar oferta de ações no mercado de capitais nos últimos 30 dias são do setor imobiliário. Direcional Engenharia, Multiplan, PDG, Rossi Residencial, Brazilian Finance e, mais recentemente, Brookfield.

Analistas ouvidos pela Agência Estado avaliam que, com a manutenção do nível da Taxa Referencial (TR), ficou mais caro proporcionalmente tomar recursos do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), o que torna as captações no mercado mais atraentes.

Ao mesmo tempo, o acelerado ritmo de vendas de estoques nos últimos trimestres aumentou a urgência de investimentos para atender à demanda por novos empreendimentos.

"A maioria das empresas trabalha com projeções de vendas de 40% a 50% maiores em 2010. Não tem como atender essa meta sem capital", disse Sílvio Araújo, analista da Lopes Filho.

Araújo calcula que as construtoras captam via SFH a um custo médio de 130% do CDI, superior ao de uma emissão de debêntures ou oferta de ações. "O custo de oportunidade é mais atraente no mercado de capitais. Vale lembrar, no entanto, que hoje os investidores estão mais seletivos porque conhecem melhor como funciona o segmento imobiliário", comentou.

O chefe de uma grande corretora, que preferiu não ser identificado, observou que a demanda por imóveis, marcadamente nos segmentos de classe média e baixa, na esteira do programa habitacional do governo "Minha Casa, Minha Vida", é o motor dos investimentos programados.

"Algumas grandes construtoras registraram vendas mais aceleradas no segundo trimestre do que o esperado, e por isso precisam de recursos para a construção dos novos empreendimentos", afirmou.

Segundo ele, o potencial de crescimento do setor imobiliário vem atraindo o interesse de investidores estrangeiros, que ficaram com mais de 70% dos R$ 1,557 bilhão levantados no mercado de ações por BRMalls e MRV Engenharia neste ano.

"O apetite dos estrangeiros deve continuar firme", acredita um analista do setor. Conforme o profissional, a percepção é de que o pacote habitacional está tendo êxito em reativar a demanda. Por isso, ele prevê que mais empresas do setor sigam o exemplo e anunciem ofertas de ações até o final do ano.

Fonte: Agência Estado - SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: