Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Parque será erguido em local de desabamento em Muzema, no Rio

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Segundo Marcelo Crivella, prefeito da capital fluminense, o parque será construído na parte alta da comunidade em homenagem às vítimas da tragédia de 12 de abril


Demolição de prédios irregulares no condomínio Figueiras do Itanhangá, em Muzema, já começaram (Créditos: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio)

29/04/2019 | 09:00 - A Prefeitura do Rio de Janeiro informou que irá erguer um parque no local onde houve o desabamento de dois prédios na parte alta da comunidade da Muzema. O incidente ocorreu no último dia 12 de abril e deixou 24 mortos, além de sete feridos. Segundo Marcelo Crivella, prefeito da capital fluminense, o parque será construído em homenagem às vítimas da tragédia.

“É importante que esse momento doloroso, trágico, muito triste que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro nos dê uma lição inesquecível, de que para construir é necessário ter as devidas licenças dos órgãos competentes, para que nunca mais a gente passe pelo sofrimento que passamos com as mortes na Muzema”, informou Crivella por meio de um vídeo distribuído pela assessoria de imprensa da prefeitura.

Ele disse, ainda, que já foram iniciadas as demolições de outros prédios irregulares no condomínio Figueiras do Itanhangá, em Muzema. Também presente no vídeo, o secretário municipal de Infraestrutura e Habitação, Sebastião Bruno, informou que ao todo 16 prédios serão demolidos no local.

“Essas demolições terão que ser muito cuidadosas, porque ainda tem prédios ocupados ao lado dos que vão ser demolidos. A maioria vai ser na marreta, com mão de obra, muito poucos prédios poderão ser demolidos com equipamentos. É um processo lento, mas que começa hoje e vai até o final”, disse Bruno.

Os trabalhos de demolição serão feitos pela Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva). A primeira etapa começou no dia 24 de abril e abrange dois prédios vizinhos aos que desabaram. De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, por enquanto, não serão retirados os escombros do local, para evitar novas construções no terreno.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: