Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Paulistanos de olho no mercado de imóveis do ABC Paulista

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Cidades vizinhas da capital paulista têm previsão de lançar 40% mais empreendimentos este ano

26 de setembro de 2012 - O Grande ABC está na mira de paulistanos que procuram por apartamentos de dois e três dormitórios, que ofereçam a mesma infraestrutura se comparados aos da capital por até 60% do valor. “O valor do metro quadrado de área útil pode custar R$ 4.500 no ABCDM, frente a R$ 7.000 cobrados nos empreendimentos na capital paulista”, explica Francisco Diogo Magnani, presidente da MZM Construtora, eleita a maior incorporadora da grande São Paulo pelo Ranking ITC.

Magnani ainda completa que “entre os compradores que aquecem o mercado do ABCDM existe uma grande parcela de famílias locais com renda crescente e paulistanos que migram da capital em busca de preços mais acessíveis. Esta procura representa até 50% dos interessados pelos imóveis da construtora”.

Segundo o Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo) as cidades vizinhas da capital paulista têm previsão de lançar 40% mais empreendimentos este ano, sendo que a cidade de São Paulo reduzirá em cerca de 30% o número de lançamento de imóveis residenciais. Um dos motivos é o alto preço e a escassez de terrenos.

Na região, podemos destacar a cidade de São Bernardo, que ocupa a 13º posição do PIB (Produto Interno Bruto) no país com R$ 28,9 bilhões, e Santo André no 29º lugar, com R$ 14,7 bilhões.

Fonte: Investimentos e Notícias

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: