Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

PBQP-H ganha novo site que permite pesquisas mais detalhadas

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Portal trará informações sobre as empresas certificadas que fabricam, distribuem e importam materiais de construção que estejam em conformidade com as normas técnicas brasileiras

PBQP-H
A plataforma contará com informações importantes para projetistas, construtores, entre outros (Imagem: Divulgação/PBQP-H)

08/10/2021 | 10:22 – O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) lançou nesta quinta-feira (7) o novo site do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H). Mais moderno, o portal permitirá que sejam realizadas pesquisas mais detalhadas sobre as empresas certificadas que fabricam, distribuem e importam materiais de construção que estejam em conformidade com as normas técnicas brasileiras, além de sistemas e produtos inovadores e construtoras certificadas no âmbito do programa. A plataforma contará com informações importantes para projetistas, construtores, fabricantes, fornecedores e demais players envolvidos na tarefa de aumentar a qualidades das edificações habitacionais do país.

“Vamos permitir que, em único espaço, qualquer cidadão brasileiro que se envolva no processo construtivo tenha acesso às novas tecnologias, às inovações e às formas mais eficientes de edificar um prédio ou uma habitação”, destaca Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional. Segundo ele, o objetivo é uniformizar a construção de uma maneira que não existam dificuldades em relação às normas vigentes. “E, como consequência, tenhamos uma habitação mais confortável e digna para a sociedade brasileira”, complementa.

O programa

Criado pelo Governo Federal há duas décadas, o PBQP-H visa elevar a qualidade e ampliar o acesso às habitações. O programa é pré-requisito para as construtoras aprovarem projetos junto à Caixa Econômica Federal e participarem de programas habitacionais, como o Casa Verde e Amarela. Atualmente, agrega 21 Programas Setoriais da Qualidade (PSQ) — capitaneados por 12 entidades setoriais e responsáveis pelo monitoramento de 684 empresas e 1.058 produtos-alvo de 775 marcas comerciais. Outros benefícios associados à adesão ao PBQP-H são a redução do índice de reclamações de clientes e a diminuição de retrabalho, de desperdício de materiais e de geração de resíduos no canteiro.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: