Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Preço do m2 subiu mais que o dobro da inflação, segundo Fipe/Zap

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

O indicador mostra que os imóveis se valorizaram mais de janeiro a julho

02 de Agosto de 2013 - Preço médio do metro quadrado anunciado acumula alta de 7,3% em 2013 até julho, indica o Índice FipeZap Ampliado. Com aumento de 1,1% no mês passado, o indicador mostra que os imóveis nas capitais e grandes cidades se valorizaram mais que o dobro da inflação medida pelo IPCA de janeiro a julho, que, segundo estimativa do boletim Focus do Banco Central, pode ter alcançado 3,2%.

Nas 16 cidades com preços monitorados, Curitiba (PR) teve a maior alta no mês (3,7%), impulsionada pelos bairros de Água Verde e Bigorrilho. Por outro lado, Belo Horizonte (MG) foi a única cidade a registrar queda no preço médio do m2, com variação negativa de 2,4%.

Em 12 meses, o mercado de Curitiba se mostrou o mais aquecido com aumento acumulado de 19,6%, seguido pelo Rio de Janeiro, com alta de 15,4%, Niterói (RJ), subida de 14,0%, São Paulo, que registrou variação positiva de 13,9%, e Porto Alegre (RS), aumento de 13,3%.

Os valores médios do m2 em julho variaram de R$ 3.646, em Vila Velha (ES), até R$ 9.424, para o Rio de Janeiro. Em São Paulo, o m2 ficou em R$ 7.361. Entre as 16 cidades pesquisadas pelo indicador, a média se situou em R$ 6.900.

O Índice FipeZap, desenvolvido em conjunto pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e pelo portal ZAP Imóveis, acompanha o preço médio do m2 de apartamentos prontos em 16 municípios brasileiros com base em anúncios da internet.

Fonte: Valor econômico
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: