Preço do metro quadrado da construção em SP sobe para quase R$ 900 em junho

Texto: Redação AECweb

Mão de obra faz custo da construção civil ficar 2,05% mais caro; alta é de 5,22% neste ano

02 de julho de 2010 - Os aumentos dos salários dos trabalhadores foi o principal fator para o encarecimento do custo da construção civil em São Paulo, que chegou perto dos R$ 900 por metro quadrado. Pesquisa do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) mostra que o CUB (Custo Unitário Básico) ficou 2,05% mais caro em junho.

O indicador, medido em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas) e divulgado desta quinta-feira (1º), é o índice oficial que reflete a variação dos custos do setor para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil paulista.

Em maio, o CUB havia ficado acima do verificado no mês passado (2,43%), após variar de 0,14% a 0,19% entre janeiro e abril deste ano. Desde o começo do ano, o índice acumula 5,22%. Nos últimos 12 meses, esse número chega a 5,77%.

No mês, o custo da mão de obra subiu 3,42%. Os custos administrativos, representados pela remuneração de engenheiros e arquitetos, subiram 2,68%. Já os materiais de construção tiveram elevação de 0,42%.

No mês, o CUB Representativo da construção civil paulista (R8-N) elevou-se para R$ 899,99 por metro quadrado. Esse preço saiu de R$ 856,65, em janeiro, e superou os R$ 880 por metro quadrado em maio (R$ 881,90).

Fonte: R7 - SP