Programa Habitacional estimula lançamentos de imóveis populares

Texto: Redação AECweb

Os valores dos lançamentos giram em torno de 80 a 150 mil reais

29 de junho de 2009 - De olho no programa habitacional "Minha casa, minha vida", construtoras e imobiliárias planejam lançamentos de empreendimentos residenciais populares, com unidades de até R$ 80 mil, e econômicos, cujos preços variam de R$ 80 mil a R$ 150 mil.

O programa, lançado pelo governo federal em março, é destinado a famílias com renda de até dez salários mínimos (R$ 4.650) e dá subsídios aos custos do seguro, entre outros benefícios.

De acordo com Alexandre Fonseca, vice-presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) e diretor da Basimóvel, o programa dará continuidade ao boom imobiliário que vem ocorrendo na Baixada há três anos.

“A região tem potencial para receber muitos empreendimentos, os municípios são grandes e há demanda. O que faltava era exatamente um financiamento adequado ao comprador. A tendência é que o entorno das maiores cidades do país seja valorizado. Na Grande São Paulo, das 60 mil unidades lançadas, metade fica no cinturão da capital”, afirma.

Para Fonseca, o governo federal mirou num perfil econômico promissor, formado por pessoas que não tinham condições de compra mas estão cheias de vontade de adquirir um imóvel.

“Isso atraiu a atenção das grandes construtoras. O incorporador recebe menos no valor do imóvel, mas ganha mais no volume de vendas”,  avalia.

Uma dessas empresas é a MDL Realty. O diretor de incorporações da construtora, Ricardo Freitas, afirma que o mercado já dá sinais da boa receptividade ao programa. “O programa ainda não está sendo desenvolvido a pleno vapor, mas já observamos um grande fluxo de projetos à espera de aprovação nas prefeituras da Baixada”, conta.

A empresa tem dois empreendimentos no perfil do "Minha casa, Minha vida" na região.  O Vitória Duque de Caxias, no Centro, tem apartamentos de dois e três quartos, de 50 e 64 metros quadrados, com preços a partir de R$ 94.259.

Já o Vitória Nova Iguaçu, em Jardim Esplanada, possui unidades de dois quartos, de 50 de 64 metros quadrados, com valor mínimo de R$ 98.278.

Fonte: O Globo - RJ