Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Salário médio na construção cai 2,2% em Campinas

Texto: Redação AECweb


Setor da construção civil na RMC teve queda de 2,2% na comparação entre os primeiros meses deste ano

11 de abril de 2011 - O salário médio de admissão na construção civil caiu 2,2% em fevereiro ante a janeiro deste ano na RMC (Região Metropolitana de Campinas). A queda nominal foi de R$ 1.182,55 para R$ 1.156,65. Em janeiro, o setor pagou a maior remuneração inicial entre as 17 RMs (Regiões Metropolitanas) do País mais representativas.

A RM de São Paulo foi quem pagou melhor (R$ 1.167,56) em fevereiro, deixando a RMC em segundo lugar. Essa dança de posições é pontual, já que nas duas RMs o setor está aquecido. A escassez de profissionais, com a região caminhando para o emprego pleno, valorizou a remuneração regional.

A pesquisa é do OMI-RMC (Observatório Metropolitano de Indicadores da RMC), da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas), divulgada ontem. Ela utilizou os dados do sistema online do Caged/MTE (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego).

Em fevereiro, a RMC registrou salário médio de contratação de R$ 998,16, sendo R$ 1.093,17 para os homens e R$ 867,70 para as mulheres, de acordo com o OMI-RMC. A RMC manteve o pagamento do segundo maior salário inicial geral dentre as RMs do Brasil, ficando atrás somente da RM de São Paulo (R$ 1.111,28).

Na construção civil, a cidade da RMC que melhor remunerou em fevereiro foi Paulínia (R$ 1.778,44), seguida Americana (R$ 1.436,60), Valinhos (R$ 1.276,48), Campinas (R$ 1.159,51) e Vinhedo (R$ 1.146,66). O salário mais baixo no setor foi pago em Artur Nogueira (R$ 886,04), valor que ultrapassa a média de várias RMs, como a de Belo Horizonte (R$ 851,97) e de Fortaleza (R$ 804,74).

No setor industrial, com melhor remuneração no conjunto dos 19 municípios que formam a RMC, os salários médios pagos pelas Regiões Metropolitanas de Campinas e do Rio de Janeiro são praticamente iguais: R$ 1.171,01 e R$ 1.171,71, respectivamente.

As duas regiões dividem o segundo lugar entre as RMs em termos de remuneração no setor industrial, que é, em geral, o de melhor pagamento dentre os cinco grandes setores econômicos (indústria, construção civil, comércio, serviços, administração pública e agropecuária), segundo o OMI-RMC. A RM de São Paulo é que melhor remunerou na indústria em fevereiro, pagando salário médio de admissão de R$ 1.276,31.

Fonte: Todo Dia - SP


 


 


 

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: