São Paulo responde por 20,3% dos imóveis contratados pelo Minha Casa

Texto: Redação AECweb

Programa vai construir 83 mil residências no Estado; valor dos contratos é de R$ 5,35 bi

16 de abril de 2010 - O Estado de São Paulo responde por 20,3% dos imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal por meio do Minha Casa, Minha Vida. Ao todo, são 83.061 unidades contratadas no Estado, avaliadas em R$ 5,35 bilhões. No Brasil, a Caixa fechou a construção de 408.674 moradias, com investimentos de R$ 22,8 bilhões. Os dados foram divulgados pela Caixa nesta quinta-feira (15).

Do total de 83 mil unidades contratadas em São Paulo, 27.340 imóveis são para famílias com renda entre zero e três salários mínimos (entre R$ 510 e R$ 1.530), 37.143 para famílias que ganham entre três e seis mínimos (de R$ 1.530 a R$ 3.060) e 18.578 casas terão como destino as famílias que recebem entre seis e dez mínimos - de R$ 3.060 a R$ 5.100.

No primeiro ano do Minha Casa Minha Vida, a Caixa financiou 408.674 imóveis pelo programa, avaliados em R$ 22,8 bilhões. Só no primeiro trimestre de 2010, foram contratadas 133.146 novas moradias pelo programa. Em 2009, o Minha Casa, Minha Vida foi responsável por 45,7% do total de novas unidades habitacionais financiadas por todas as entidades integrantes do SFH (Sistema Financeiro de Habitação).

Propostas

O banco estatal recebeu 813.719 propostas de 2.044 construtoras desde o lançamento do programa até a primeira quinzena de abril. Desse número, 480.668 são destinadas às famílias com renda de zero a três salários mínimos - público-alvo do Minha Casa, Minha Vida.

Para essas famílias, 203.997 propostas já foram contratadas. Já para as famílias com renda de três a seis salários mínimos foram 167.368 contratações de moradias. Em São Paulo, a Caixa recebeu 161.535 propostas: 64.280 para quem ganha entre R$ 510 e R$ 1.530; 53.364 para famílias com renda entre R$ R$ 1.530 e R$ 3.060 e 43.891 com rendimentos mensais entre R$ 3.060 e R$ 5.100.

Simulador

A Caixa prevê que a demanda por habitação deve continuar aquecida e em ascensão em 2010. Isso porque o simulador de financiamento disponível no site do banco recebeu, em março deste ano, 18,8 milhões de simulações - uma alta de 111% em relação ao mesmo mês de 2009.

A expectativa é de superar, em maio, mês de Feirão da Casa Própria em todo o país, o recorde de 24 milhões registrados em maio de 2009.

Entenda o escândalo de Salvatore CacciolaCacciola pode conseguir cumprir pena em regime semi-abertoInstituto prevê crescimento de 5,5% a 6,5% da economia para 2010.

Fonte: R7 - SP