Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Secovi: mercado imobiliário brasileiro vive fase de otimismo acentuado

Texto: Redação AECweb

Fase veio da elevação do ganho de renda das classes C e D, da reformulação dos bancos e do Minha Casa, Minha Vida

29 de setembro de 2010 - O Brasil ultrapassou com estabilidade a fase de incertezas da crise financeira originada nos Estados Unidos, cujo estopim esteve relacionado ao boom dos subprimes imobiliários.

A situação favorável do País, ao contrário do que acontece nos EUA, é derivada de algumas situações como a elevação do ganho de renda das classes C e D, a reformulação dos bancos e o fortalecimento de programas como o Minha Casa, Minha Vida.

Esta é a avaliação do presidente do Secovi-SP, João Crestana, em discurso durante o painel Atualidades do Mercado Imobiliário pelo Mundo, encerrada na quarta-feira (22).

O executivo concluiu dizendo que o equilíbrio da inadimplência e o bônus demográfico instituído por uma população essencialmente jovem contribuíram para um cenário que deverá prevalecer ainda nas próximas duas décadas.

"Temos problemas, como a questão da insegurança jurídica, que levam alguns especialistas a dizer que no Brasil até o passado é imprevisível, ou mesmo a insistência de muitos órgãos públicos, mais nitidamente os municipais, em criar suas próprias leis, a despeito da Constituição Federal. Isso não pode acontecer", avaliou.

Experiência global

Durante o evento, que contou com a participação de executivos de vários países, muitos presentes avaliaram a situação de suas regiões com a do Brasil.

Em países como a Rússia e Inglaterra, o mercado ainda apresenta problemas de instabilidade, o que eleva o valor da terra e dificulta o acesso à habitação.

Fonte: Infomoney - SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: