Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Setor da construção deve crescer 3% em 2020, diz CBIC

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Alta deve viabilizar a geração de 150 a 200 mil empregos formais até dezembro. Expectativa é resultado do atual cenário de juros baixos e inflação controlada no País


A grande preocupação da indústria da construção diz respeito à situação do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), que ainda tem futuro indefinido (Créditos: Matej Kastelic/ Shutterstock)

08/01/2020 | 16:14 - A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) espera que o setor cresça 3% este ano, o que possibilitaria a geração de 150 a 200 mil empregos formais até dezembro. O crescimento é esperado devido ao atual cenário de juros baixos e inflação controlada no País.

Conforme a CBIC, 2020 pode superar a marca de 2019, que deve ficar próxima aos 100 mil postos de trabalho, com avanço de 2%. A entidade acredita que o número de vagas pode até crescer mais, caso o mercado imobiliário continue surpreendendo com os lançamentos.

Apesar disso, a grande preocupação da indústria da construção diz respeito à situação do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), que ainda tem futuro indefinido, principalmente com relação à faixa 1, que beneficia famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

No tocante às grandes obras de infraestrutura, o ritmo ainda é modesto, conforme a CBIC. As licitações de maior porte podem ocorrer ainda este ano, mas as obras só deverão começar em 2021.

Leia também:

MDR destinará R$ 65,5 bi do FGTS para investimento em habitação

Nível de emprego na construção sobe 0,34% em outubro, diz SindusCon-SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: