Setor de construção no Reino Unido piora em fevereiro

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Deterioração foi determinada pelo declínio dos níveis de trabalho, assim como diminuição na atividade de engenharia civil

05 de março de 2013 - O Índice Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) do segmento de construção do Reino Unido recuou na leitura do segundo mês de 2013, marcando 46,8 pontos, ante 48,7 pontos em janeiro.

O indicador continua abaixo de 50 pontos, o que indica retração, e ficou no menor nível desde outubro de 2009.

A deterioração do setor de construção refletiu-se no declínio dos níveis de trabalho, assim como diminuição na atividade de engenharia civil, mostra o estudo.

Além disso, a redução no volume de negócios contribuiu para o declínio das construtoras.

"Sem dúvida este é um dos momentos mais sombrios para o setor de construção do Reino Unido. A queda dramática na engenharia civil é preocupante. Para o futuro, embora há melhora no setor de emprego, a redução acelerada nas novas encomendas penaliza", aponta David Noble, chefe-executivo do Markit Economics.

Fonte: Brasil Econômico