Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Setor projeta bater 43 mil empregos no ano

Texto: Redação AECweb


Construção civil cearense deve bater recorde na geração de vagas

01 de novembro de 2010 - Este ano, o segmento da construção civil cearense deve bater recorde histórico na geração de vagas formais, superando, inclusive, o ano de 1998, quando foram gerados praticamente 38 mil empregos diretos na Região Metropolitana de Fortaleza. O Sinduscon/CE estima encerrar dezembro com 43 mil trabalhadores empregados no setor, que está aquecido. No início do segundo semestre, a projeção era mais modesta: 37 mil vagas.

Contudo, segundo uma sondagem, elaborada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada ontem, o ritmo da atividade do setor deve desacelerar no início de 2011. Conforme o estudo, o indicador de expectativa dos empresários para os próximos seis meses caiu de 65,3 para 60,8 pontos entre setembro e outubro deste ano. A pesquisa apontou também que o maior gargalo ainda é a falta de mão-de-obra para 64% dos entrevistados.

Gestão com novos desafios

Na próxima semana, haverá eleição para escolher a nova diretoria do Sinduscon/CE, com chapa única, para reconduzir o atual presidente Roberto Sérgio Oliveira Ferreira por mais três anos à frente da entidade. Segundo ele, nos últimos três anos, houve uma expansão de 208 para mais de 400 associados (a meta é chegar a 600 no próximo mandato). Além disso, conforme Roberto, o Sinduscon/CE se tornou o sindicato mais representativo da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), em virtude de um novo modelo de organização, que começou a ser implantado no último triênio, como horizontalidade no processo de decisões, por exemplo.

Fonte: Diário do Nordeste - CE

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: