Sindicato da construção vai preparar projeto para elevar a produtividade

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Proposta foi feita pelo presidente do sindicato

02 de dezembro de 2013 - O SindusCon-SP propôs a elaboração de um amplo projeto de elevação da produtividade na construção e se dispôs a coordená-lo, o que foi aprovado em 26 de novembro, em reunião do Conselho do Senai-SP, presidida por Paulo Skaf. A proposta foi feita pelo presidente do sindicato, Sergio Watanabe, que também é representante titular da indústria naquele conselho.

O presidente do SindusCon-SP apresentou a situação em que se encontra a construção, com elevação da demanda por obras, porém com dificuldades de expansão do quadro de pessoal qualificado. Enquanto o desemprego no país está em 6% da população ativa, na construção ele se situa em apenas cerca de 3%, o que praticamente equivale ao pleno emprego.

Portanto, chegou a hora de o setor ter uma rápida expansão de sua produtividade, acrescentou Watanabe. Segundo ele, isto requer a elaboração de um projeto em articulação com Fiesp, Sesi-SP, Senai Nacional e Senai-SP, e que deverá se desenvolver em duas frentes.

A primeira é na área de tecnologia, com articulação de esforços para intensificar a mecanização da construção, aperfeiçoar os processos construtivos, impulsionar inovações e agilizar sua implementação. Isso também deverá inclusive envolver o Senai Nacional, que recentemente criou parques tecnológicos setoriais, sendo que o da construção deverá se situar em Fortaleza.

A segunda frente será a área de formação e qualificação profissional, com ampliação da oferta de cursos técnicos, expansão do Programa de Elevação da Escolaridade do setor, evolução dos programas de formação de pessoas com deficiência e de aprendizes para a construção e incremento das ações voltadas à segurança e saúde do trabalho.

Fonte: Sinduscon-SP