Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

SP realiza sorteio eletrônico de moradias populares na capital

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano adota tecnologia em empreendimento com quase 60 mil inscritos; sorteio de 104 apartamentos foi feito em segundos


O sorteio eletrônico foi escolhido por causa da grande demanda de inscrições. (crédito: JMPereira/CDHU)

03/08/2017 | 10:25 – A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) utilizou pela primeira vez um sistema de sorteio eletrônico para selecionar os beneficiados dos 104 apartamentos do Bela Vista G, empreendimento no centro da capital paulista.

De acordo com Rodrigo Garcia, secretário da Habitação do Estado de São Paulo, esse método foi escolhido devido à grande demanda de inscrições, cerca de 59.841. Normalmente, quando as inscrições vão até mil famílias o sorteio é realizado de maneira presencial, com uso de urnas – o que ficaria inviável nesse caso.

O sistema eletrônico foi criado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e inclui a definição de processos e o desenvolvimento de softwares com um algoritmo para a distribuição aleatória de números. O software tem capacidade para classificar até oito milhões de participantes. Alessandro Santiago Santos, pesquisador do IPT, exemplificou o funcionamento. “Foram realizados 16 sorteios, considerando os grupos e as faixas de renda, sendo que o mais demorado classificou um total de 27.840 participantes da lista geral, com faixa de renda até R$ 3.494,00 – neste caso, o software demorou apenas um segundo para realizar a operação de classificação”.

A metodologia já á havia sido adotada em 2011, para o sorteio das casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida, no estado de Mato Grosso.

Leia também: Edifícios residenciais populares terão energia fotovoltaica em SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: