Suape bate recorde de movimentação de cargas em 2013

Texto: Redação PE

No ano de 2013 o porto de Suape obteve a maior movimentação de cargas de sua história, com aproximadamente 12,8 milhões de toneladas, além disso, a empresa também fechou o maior número de acordos com posseiros que ocupavam terras do Complexo em zonas industriais ou de proteção ecológica. Ao longo do ano, foram realizadas 526 negociações com R$ 34 milhões de indenizações pagas.

O volume estimado de 12,8 milhões de toneladas transportadas para o ano de 2013 é quase 14% superior ao último recorde de 11,2 milhões de toneladas em 2011. Em 2012, a movimentação havia sido de 11,1 milhões de toneladas.

O aumento na movimentação também pode ser atribuído ao início da operação, em agosto último, dos Píeres de Graneis Líquidos 3A e 3B. Os PGLs foram construídos para atender à demanda da Refinaria Abreu e Lima, que entrará em operação no fim desse ano, mas, até lá, serão utilizados em operações ship-to-ship.

A obra dos píeres custou R$ 366 milhões, com recursos de TAT (Termo de Adiantamento Tarifário) que Suape possui com a Petrobras e foi realizada de outubro de 2008 a fevereiro de 2011.

Em 2013, o porto contou, ainda, com a conclusão de obras de infraestrutura cujos investimentos somam quase R$ 200 milhões. Foram R$ 165 milhões no reforço dos cabeços, que protegem os arrecifes nas operações dos navios no porto interno, e R$ 33 milhões na requalificação do CMU (Cais de Múltiplos Usos), estratégico no escoamento de cargas.

Para esse ano, Suape espera continuar avançando em suas ações econômicas e socioambientais. A movimentação portuária deve bater novo recorde com o início da operação da Refinaria Abreu e Lima. Três empresas devem ser inauguradas no primeiro trimestre do ano: Shineray (motos), Aguilar y Salas e Cristal PET (preforma PET), investimentos privados que somam R$ 168 milhões e que devem gerar 725 empregos diretos.

Fonte: Guia Marítimo