Total de trabalhadores da construção está em queda

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Na pesquisa do IBGE, total encolheu 3,2% de janeiro a abril de 2013, após dois anos em alta

27 de maio de 2013 - Num mercado de trabalho marcado pelo desemprego baixo, o corte maciço de vagas na construção civil chama atenção nos resultados da Pesquisa Mensal de Emprego, no 1º quadrimestre de 2013.

Depois de crescer 4,5% de janeiro a abril de 2011, e 6,5% no mesmo período de 2012, a ocupação no setor caiu 3,2% em 2013. Na média geral da pesquisa, caiu 2,7% nos quatro primeiros meses deste ano. Cimar Azeredo, gerente da PME-IBGE, diz que o total de ocupados foi reduzido em 60 mil desde dezembro: "A perda forte na construção civil foi o dado mais sensível e inesperado da pesquisa" O setor encerrou abril de 2013 com 104 mil vagas a menos que um ano antes. Foi queda de 5,5%.

Os cortes alcançam quatro das seis áreas metropolitanas investigadas pelo IBGE: São Paulo (-8,5%), Belo Horizonte (-8%), Porto Alegre (-6,1%) e Rio (-1,4%). No Grande Rio, o total de ocupados foi reduzido em seis mil, um décimo dos cortes de São Paulo, de 63 mil no total. Em um ano, a participação da construção no mercado de trabalho caiu meio ponto percentual. O setor somava 8,2% da mão de obra ocupada em abril de 2012. A proporção passou a 7,7% no mesmo mês deste ano.

Fonte: O Globo