Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

UHE Colíder: construção da barragem será retomada em maio

Texto: Redação PE

A hidrelétrica Colíder (300MW) deverá ter retomada a construção de sua barragem em meados de maio, quando termina o período de chuvas. A estrutura terá 1,56 mil metros de comprimento e 40 de altura. O represamento de água formará um reservatório de 171,7 km², que é considerado de pequeno porte, pois a UHE Colíder irá operar em regime fio dágua, acompanhando a vazão do rio. A expectativa é de que a barragem fique totalmente pronta até novembro deste ano.

Estão sendo realizados prioritariamente os serviços relacionados às estruturas de concreto e ao circuito de geração, por conta da estação de chuvas, que dificulta a terraplenagem. Ainda em janeiro, é previsto o lançamento do concreto estrutural no sistema de transposição de peixes e das bases da futura subestação transformadora de energia. A previsão é de que a usina comece a gerar energia em 2015.

Estão em andamento a montagem eletromecânica de componentes da casa de força. Parte da horta do canteiro de obras que utiliza material da central de compostagem de resíduos orgânicos foi ampliada para servir de viveiro de mudas de espécies nativas. As plantas serão usadas para recuperar áreas degradadas pela construção do canteiro e para recomposição das áreas de proteção ambiental do reservatório.

Hoje, cerca de 1,3 mil funcionários trabalham na obra. Do total de trabalhadores, 41% são moradores da área de influência indireta (AII), que inclui os municípios de Colíder, Nova Canaã do Norte, Itaúba, Cláudia e Sinop. Quando considerada a área de abrangência regional – 33 municípios no estado de Mato Grosso e dois no Pará – 44,5% dos funcionários são oriundos dessa região

Fonte: Jornal da Energia
x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: