Venda de cimento cai 2% em maio

Texto: Redação AECweb

Queda nas vendas totais chega a 2,8% na comparação com maio do ano passado

05 de junho de 2009 - Os efeitos do plano habitacional do governo, que já refletem nas construtoras que atuam na baixa renda, ainda não chegou à indústria do cimento. Depois de uma alta de 2,1% no mês de abril, as vendas recuaram na mesma proporção em maio.

As vendas para o mercado interno atingiram 4,089 milhões de toneladas no mês passado, um recuo de 2% sobre os 4,175 milhões de toneladas de maio de 2008, segundo dados preliminares divulgados ontem pelo Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC).

Se consideradas as exportações, que tiveram uma redução de 89,7% - de 38 milhões de toneladas para 4 milhões de toneladas - a queda nas vendas totais chega a 2,8% na comparação com maio do ano passado.

O sindicato da indústria do cimento costuma fazer a comparação por dias úteis, uma medida importante para o setor, já que o cimento tem um consumo imediato e nem todos os canteiros de obras trabalham nos finais de semana e feriados.

Na comparação por dia útil, as vendas de maio apresentaram redução de 2,0% sobre maio de 2008 e crescimento de 1,9% sobre abril de 2009.

No acumulado de janeiro a maio deste ano, os números indicam que as vendas se mantém praticamente estáveis no mercado interno, com 19,7 milhões de toneladas.

Nos últimos doze meses (de junho de 2008 a maio deste ano) as vendas atingiram 51,1 milhões de toneladas, alta de 8,3% sobre igual período anterior.

Fonte: Valor Econômico - SP