Venda de imóveis usados em São Paulo cresce 31%

Texto: Redação AECweb

Com o setor imobiliário em ritmo mais lento de lançamentos após a crise global, os consumidores se voltam para os imóveis usados

6 de agosto de 2009 - Com a retomada da confiança e do crédito, somada à diminuição de lançamentos no mercado, as vendas de imóveis usados na cidade de São Paulo cresceram 30,91% em junho em comparação com maio.

No mês, foram vendidas 256 unidades na capital, sendo que aquelas com preço superior a R$ 200 mil foram as mais procuradas, segundo pesquisa do Creci-SP (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo).

"Podemos dizer que a crise no setor de imóveis usados foi afastada", disse o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto. "Hoje, temos disponibilidade de financiamento imobiliário e retomada da confiança por parte do consumidor.”

Com o setor imobiliário em ritmo mais lento de lançamentos após a crise global, os consumidores se voltam para os imóveis usados. De acordo com a Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio), a cidade de São Paulo recebeu no primeiro semestre deste ano 8.150 lançamentos, contra 16.812 no mesmo período de 2008 -uma queda de 51,5%.

"A diminuição da oferta de imóveis novos aquece as vendas de usados", disse Viana.

Fonte: InvestNews