Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Venda de imóvel usado cresce 53% em SP

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

De janeiro a julho, valor médio das unidades residenciais comercializadas nos principais bairros da capital paulista foi de R$ 450 mil, contra R$ 400 mil em 2011, aponta a Lello

28 de agosto de 2012 - As vendas de imóveis residenciais usados (prontos para morar) na cidade de São Paulo cresceram 53,6% entre janeiro e julho deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. A informação é da Lello, empresa líder em administração imobiliária no Estado.

Depois de um início de ano tímido, embora melhor do que 2011, os meses de maio, junho e julho registraram expressivo aumento no fechamento de novos negócios, segundo a imobiliária.

O valor médio das casas e apartamentos comercializados nos principais bairros do centro expandido da capital paulista nos sete primeiros meses deste ano foi de R$ 450 mil, contra R$ 400 mil no período de janeiro a julho de 2011 e R$ 350 mil nos sete meses iniciais de 2010.

Do total de imóveis comercializados entre janeiro e julho deste ano, 45% foram por intermédio de financiamentos concedidos pelos bancos, mesmo índice registrado em 2011. Há sete anos, no entanto, os financiamentos de imóveis usados, do chamado “mercado secundário”, representavam apenas 15% do total vendido na cidade.

As unidades mais procuradas pelos compradores foram apartamentos de dois e três dormitórios com vaga na garagem em condomínios dotados de áreas de lazer, segurança e preferencialmente próximos a estações de metrô. Os apartamentos representaram 60% das vendas nos sete primeiros meses do ano.

O fechamento de novos negócios, na Lello, foi alavancado nos últimos  meses especialmente em razão de sua campanha promocional “Happy Days”, que ofereceu casas e apartamentos prontos para morar com descontos concedidos pelos proprietários em relação ao preço original pedido.

Os abatimentos oferecidos chegaram a 32%. O sucesso foi tamanho que a imobiliária já está preparando uma nova campanha intitulada "Big Sale" para o mês de setembro, que também vai oferecer descontos especiais. A campanha ainda nem começou a ser divulgada e a empresa já tem 250 imóveis para oferecer com descontos.

“O desempenho do mercado secundário de imóveis, aqueles prontos para morar, está surpreendendo mesmo as expectativas mais otimistas. Houve quem apostasse em retração, mas os dados apontam em direção contrária. O imóvel é, hoje, e mais do que nunca, uma grande alternativa de investimento”, afirma Roseli Hernandes, diretora comercial da Lello Imóveis.

Fonte: Lello

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: