Vendas de imóveis novos em São Paulo caem 40% em maio

Texto: Redação AECweb

No quinto mês deste ano, vendas somaram 1.949 unidades. No acumulado de 2010, foram vendidos 13.646 imóveis na capital paulista

16 de julho de 2010 - As vendas de imóveis residenciais novos na cidade de São Paulo recuaram em maio 40 % em comparação a abril e 51,4% ante o mesmo mês de 2009, somando 1.949 unidades, informou nesta quinta-feira (15) o sindicato que representa o setor imobiliário na capital paulista, Secovi-SP.

A velocidade de vendas, medida pela relação de vendas sobre oferta, ficou em 16,7% em maio, ante 25,3% em abril.

Para o Secovi-SP, os próximos meses indicarão se a queda percebida em maio refletiu um fato pontual ou se houve uma modificação na tendência de crescimento. A entidade mantém a perspectiva de comercialização de 37 mil a 38 mil imóveis novos na capital paulista em 2010.

No acumulado do ano, entretanto, foram vendidos 13.646 imóveis na cidade de São Paulo, alta de 26,4% em relação ao mesmo período do ano passado. O Valor Geral de Vendas (VGV) acumulado em 2010 é de R$ 5,17 bilhões, frente aos R$ 3,25 bilhões apurados de janeiro a maio do ano passado.

O segmento de três dormitórios lidera em participação acumulada no ano, com 4.894 habitações, ou 35,9%, enquanto unidades de dois quartos tiveram 34% do total, com 4.635 moradias.

Fonte: G1