Vendas de imóveis novos em SP mantêm recuperação gradual em maio

Texto: Redação AECweb

Resultado positivo em maio fez com que a retração observada no acumulado do ano diminuísse em relação ao visto no primeiro trimestre

13 de julho de 2011 - As vendas de imóveis residenciais novos na cidade São Paulo cresceram 2,6 por cento em maio sobre abril e avançaram 22,1 por cento na comparação com um ano antes, informou nesta quarta-feira o Secovi-SP, sindicato que representa o setor imobiliário.

O resultado positivo em maio fez com que a retração observada no acumulado do ano diminuísse em relação ao visto no primeiro trimestre, de acordo com o Secovi.

De janeiro a março, as vendas ficaram 50 por cento inferiores a igual período de 2010. Nos cinco primeiros meses de 2011, a queda está em 34,3 por cento em relação ao mesmo intervalo do ano passado.

Em maio, foram comercializadas 2.380 unidades, com destaque para imóveis de dois dormitórios, contra 2.319 em abril. Em maio de 2010 foram vendidas 1.949 unidades.

Os lançamentos em maio ficaram em 3.663 unidades, o que corresponde a um avanço de 72,1 por cento sobre abril.

O indicador de vendas sobre oferta (VSO) --que mede a relação entre as unidades comercializadas com a oferta existente no período-- foi de 15,1 por cento.

Apesar da recuperação, o VSO médio de janeiro a maio de 2011, de 12,5 por cento, permanece bastante abaixo ao do mesmo período de 2010, qur foi de 20,5 por cento.

Fonte: G1