Vendas de material de construção crescem 8% em março

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Desempenho no primeiro trimestre do ano acumula alta de 3%. Nordeste e Sudeste foram as regiões com maiores índices de crescimento

04 de abril de 2013 - A Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) divulgou nesta terça-feira, 2 de abril, a pesquisa mensal sobre o desempenho do setor de material de construção no ultimo mês. De acordo com o estudo, aumentou em 21% o número de lojas com maior volume de vendas.

Segundo a Anamaco, esse aumento representou um crescimento de 8% nas vendas de março. 

“Esse aumento de vendas já era esperado em função do maior número de dias disponíveis no mês. Março costuma ser um dos melhores meses do ano para o setor, pois já passou o Carnaval, já começaram as aulas e as lojas passam a fazer promoções e a desenvolver ações para atrair o consumidor para dentro da loja”, explica Cláudio Elias Conz, presidente da Anamaco.

Segundo ele, com os índices de março, as vendas no primeiro trimestre acumulam alta de 3%, mas estão 2% abaixo do desempenho do setor no primeiro trimestre de 2012. “No comparativo dos últimos 12 meses o setor também apresenta alta de 3%”, explica Conz.

De acordo com o estudo mensal da Anamaco, os revendedores que declararam aumento de vendas no mês passado apresentaram um crescimento de 22% sobre março de 2012. “Esse índice é muito positivo, especialmente porque todas as categorias avaliadas apresentaram crescimento de vendas, com destaque para revestimentos, aço, tubos e conexões de pvc e fechaduras e ferragens”, afirma o presidente da Anamaco.

As regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste continuam apresentando bom desempenho de vendas, mas as regiões que apresentaram os maiores índices com relação a fevereiro foram o Nordeste (34%) e o Sudeste (21%).

Para abril, os lojistas esperam uma pequena queda nas vendas em relação à março. “O que é normal, pois tivemos uma recuperação nas vendas com relação aos primeiros meses do ano. A tendência é o setor retomar ao patamar normal de crescimento em abril”, declara Conz.

Questionados sobre as expectativas com o Governo, metade dos lojistas que participaram da pesquisa informaram que estão otimistas. Cerca de 59% deles afirmam que pretendem continuar fazendo investimentos nos próximos 12 meses mas, apesar disso, a contratação de funcionários deve retrair um pouco, acompanhando as expectativas de vendas para o mês que vem.

Ainda segundo o estudo, pelo menos 6 em cada 10 lojistas espera aumentar o volume de vendas em abril, sendo a região Centro Oeste a mais otimista.

Segundo a Anamaco, o varejo de material de construção deve crescer 6,5% em 2013 sobre 2012, quando bateu o seu recorde de faturamento, com cerca de 55 bilhões de reais. “Continuamos otimistas de que teremos um excelente ano, principalmente por causa dos investimentos que estão se iniciando, os novos lançamentos imobiliários, a alteração – ainda a ser confirmada – de que os valores de financiamento vão subir de 500 mil reais para 750 mil reais – e os demais indicadores, que continuam positivos, como a renda e o emprego”, finaliza Conz.

Fonte: Anamaco