Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Vendas de minicarregadeiras no Brasil devem crescer 7% em 2017

Texto: Redação PE


Demanda por minicarregadeiras no Brasil apresenta sinais de recuperação (Divulgação/ New Holland)

A Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema) estima que, em 2017, as vendas de minicarregadeiras no País atingirão 470 unidades, o que representa 7% de crescimento sobre as 440 unidades comercializadas em 2016. Ainda de acordo com a entidade, a demanda por miniescavadeiras vai subir 4% em 2017, com estimativa de vendas de 365 unidades.

No mês de janeiro, o grupo New Holland anunciou ter atingido a marca de 250 mil minicarregadeiras fabricadas em sua história. O equipamento começou a ser produzido pela marca há 45 anos, na fábrica de Grand Island, nos Estados Unidos. Durante esse período, os modelos mais utilizados em todo o mundo são os de pneus, embora existam opções com esteiras.

No Brasil, esses equipamentos começaram a ser conhecidos a partir da década de 90, com os primeiros modelos introduzidos pela Bobcat. De acordo com Alberto Rivera, gerente comercial da Bobcat no Brasil, as regiões Sudeste e Sul começaram a utilizar em larga escala, seguidos pelos estados do Nordeste. “Houve uma época em que surgiram locadoras especializadas em fornecer minicarregadeiras e miniescavadeiras, até que veio a crise e prejudicou o mercado como um todo”, conta ele.

Leia também:

Pouco conhecidos no mercado, implementos dão novos usos a minicarregadeiras

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: